Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

México x Brasil: mais uma receita

Sermana passada postei uma receita de guacamole, clique aqui! Hoje vou postar um prato que descobri o ano passado no restaurante da Thomasina Miers (prêmio BBC TV MasterChef 2005), o Wahaca. Fiquei apaixonada pelo Porco à Pibil e não sosseguei enquanto não encontrei na internet a receita original da chef.

Este prato tem origem na península de Yucatan, e combina influência maya com européia! Os espanhois com sua tradiçao de comer suínos utilizaram a sua carne de porco e adicionaram especiarias e técnicas mayas.


Já fiz várias vezes em casa. O truque é você achar em uma deli a pasta de achiote, ingrediente indispensável para o prato. Se eu fosse você ligaria para o restaurante mexicano da sua cidade e pediria que me informassem onde comprar ou que me vendessem um pouco desta pasta feita com semente de achiote. Vale a pena!

Achei o prato super versátil. No Wahaca é servido em mini tacos como entrada, ou em um papelote com picles de cebola para prato principal. Já aqui em cada vou servir amanhã em uma fajita com queijo derretido! Fica maravilhoso com o nosso trio bem brasileiro: feijão, arroz e farofa!

Guardem esta receita e façam não vão se arrepender!


Porco à Pibil 

(como somos 4 geralmente faço meia receita e fica ótimo, mas vou passar a receita original que é tamanho gigante)

Ingredientes
3kg de pescoço de porco (eu faço com lombo de porco, aqui não se encontra carne de pescoço!!!)
1 pimenta habanero (ou outra pimenta vermelha) sem sementes e cortada fininha (como as crianças comem também eu não incluo a pimenta e deixo para colocar um pouco de Tabasco no prato servido dos adultos)
50g de manteiga

Para a marinada:

1 colher de chá de allspice (são aquelas bolinhas pequeninas)
2 colheres de chá de cominho moído
1/2 colher de chá de cravos da Índia
1 colher de chá de pimenta preta, não moída
100g de pasta de achiote
3 colheres de sopa de vinagre de cidra (eu uso o que tenho de vinho branco)
1 cebola média cortada em pedaços grandes
3 dentes de alho cortados
1 ramalhete de orégano fresco (ou 1 colher de chá de orégano seco)
3 folhas de louro
2 colheres de sopa de sal
3 colheres de sopa de azeite de oliva
suco de 6 laranjas



Modo de Fazer:

Primeiro o marinado. Coloque todos temperos secos (allspice, cominho, pimenta preta, cravos da Índia) em uma frigideira por alguns minutos. Passe para o pilão e esfarele bem fininho. Em um blender coloque este pó, pasta de achiote, vinagre,cebola, alho, ervas fresca, sal, azeite de oliva e pulse. Vá adicionado aos poucos o suco de laranja até formar uma pasta líquida e vermelha.

Despeje 2/3 sobre a carne de porco, que deve estar em uma vasilha com tampa. Eu gosto de tirar bem a gordura da carne e cortar e cubos de 3 ou 4 cm para, Deixar uma noite na geladeira marinando.


(O resto do marinado a Chef Thomasina aconselha congelar e usar em uma galinha por exemplo, eu congelo e uso outra vez para fazer poco a pibil, 1/3 de receita! Ou se preferir pode fazer apenas 1/3 da receita do marinado e usar tudo... você escolher)

Aqui é que o jeito que eu faço muda, mas vou relatar a você a receita original e depois conto o meu atalho, para quem como eu nao pode passar a manhã ou a tarde toda na cozinha!

Seguindo a receita Receita Original
Pré aquecer o forno a 130C. Tranferir o porco para uma casserola (que possar ir para o forno) a pimenta sem sementes picada e no fogao esperar ferver. Quando começar a ferver tampar (tampa de ferro que possa ir ao forno, pesada pois tem que estar bem fechado) e colocar no frono deixar cozinhando por 3 ou 4 horas, o chamado slow cooking, ate  a carne despedaçar-se.

Meu metodo mae atarefada... 
Coloque na panela de pressao por 30min para meia receita, ou em torno de 40 min para a receita inteira.

Quando ficar pronto tire os pedacos da panela e coloque em um recipeinte. Deixe o que sobrar do molho na panela. Geralmente os pedaços saem enxarcados de molho, o que já e o bastante. Desfiar os pedacos com a mão ou com dois garfos. Provar, se achar seco colocar um poucao mais de molho.


Servir em tacos, fajitas, com arroz, ou com batatas. Ou como falaei anterirmente com o trio maravilha brasileira: feijao arroz e farofa!

Bom apetite!

Enter your email address:


Delivered by FeedBurner




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua opinião! Seu comentário é muito importante para nós ; ) Martha & Vanessa

Share!