Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

O Papel de Parede está na MODA? Como escolher o seu?

A resposta é: o papel de parede nunca esteve tão na moda e acho que sempre estará, apesar de muitas pessoas terem uma certa reserva ao papel de parede. Eu pessoalmente prefiro usá-lo em quartos, lavabos e salas de jantar para deixar o ambiente achonchegante.
 
O papel de parede surgiu na China duzentos anos antes de Cristo e só surgiu na Europa nos séculos XVI e XVII. A primeira fábrica de papel de parede na Inglaterra surgiu em 1634 e no Brasil em 1960, com a modernização da indústria. Mas, desde seu surgimento na Europa, sempre existiu uma controvérsia de opiniões. Por um lado alguns consideravam uma maneira limpa e atrativa de decorar um ambiente enquanto outros o achavam efêmero e algo não original. Por ter sido atribuído a ele um caráter de imitação, quase sempre era projetado para imitar alguma coisa. Fora isso o papel de parede era associado à ilusão, rejeição da história e da tradição. Ganhou popularidade entre as classes trabalhadoras por ser mais barato do que uma tapeçaria.

Apesar destes debates e divergência de opiniões, gostos e classes, gradualmente o papel de parede começou a ser mais aceito, principalmente com o aparecimento da arte contemporânea. Ele vem mantendo seu lugar na moda através dos séculos e já foi apreciado tanto por ser um item de decoração luxuoso e caro como também para substituir algo mais caro. Expressa conforto e limpeza.  Hoje em dia eles estão muito mais interessantes e as opções são intermináveis.

Mas, se você é um novato neste mundo, antes que se perca entre as milhares de opções de papeis para decoração, considere o que melhor expressa sua individualidade e o estilo da sua casa.
Preparei algumas dicas que aprendi quando pesquisei  papel de parede para o lavabo da minha casa.

Segundo Jenifer Sherlock da marca Graham & Brown você precisa decidir qual é o estilo do ambiente que está decorando:
- Estilo Romântico: opte por adamascados e florais delicados em tons suaves e pasteis.
- Estilo Casual: opte por papeis que imitam palha ou diferentes texturas de couro
- Estilo Contemporâneo: considere estampas geométricas com acabamentos metálicos ou com brilho. Os desenhos florais também são uma opção.
- Estilo Tradicional: adamascados complexos e listras são ótimas opções para coordenar com móveis e decoração tradicional.
  Padrões, Estampas e Proporções:
- Qual o tamanho do espaço que você irá cobrir? Se o espaço é pequeno, por exemplo, um padrão em escala grande não terá espaço suficiente para se repetir, é como se estivéssemos enxergando só a metade de uma pintura. Escolha padrões em pequena escala ou um papel com textura.
- Se você está pensando em usar xadrezes ou listras largas, use barra de gesso na horizontal para dividir a parede e aplique o papel apenas na parte inferior para evitar o efeito de vertigem. Se for um papel com uma estampa mais delicada e discreta você pode fazer a aplicação do papel na parte de cima da parede e pintar a parte inferior.
Luz e Cor:
- Considere a quantidade de luz natural que entra no seu espaço antes de escolher o papel. Tonalidades mais claras, especialmente o amarelo, dão a sensação de luz natural. Já uma tonalidade mais escura pede ambientes que são bem iluminados.
- Os tons de marrom e o marinho trazem sensação de conforto, mesmo que o espaço não tenha muita luz.
- Considere para o que o ambiente é usado, vermelho e pink inspiram atividade, já o azul e o verde são cores que acalmam.
Opções:
- Cubra as quatro paredes, listras simples colocadas na horizontal para um look contemporâneo. Para um look tradicional aplique as listras na vertical.
- Cubra uma parede apenas, escolha uma estampa dramática que chame a atenção, aplique o papel atrás do sofá ou da cabeceira da cama. Ou escolha uma parede que você quer que seja o foco porque o papel atrai o olhar e pendure quadros ou um espelho para quebrar a extensão. Papéis com acabamentos metálicos ou com gloss darão um visual glamoroso.
- Teto, coloque papel de parede no teto de lugares pequenos como lavabo ou em um hall de entrada (pequeno) para surpreender.
- Papel de parede também pode ficar ótimo em móveis, principalmente em gaveteiros e penteadeiras. Você pode aplicar apenas nas gavetas ou no móvel inteiro. Para um impacto ainda maior, aplique o mesmo papel na parede atrás do móvel.
- Você também pode colocar papel de parede nos fundos de estantes, nas portas de armários e portas de correr, nos degraus de escadas (veja fotos) e cobrir cúpulas de abajures.
 A melhor maneira de você ter certeza de que escolheu o papel certo é fazer um teste. Tente conseguir uma amostra das opções que gostou no maior tamanho possível, colocar as amostras na parede do ambiente e conviver com cada uma por alguns dias. Desta maneira você estará testando se a cor, textura ou estampa escolhida funcionará bem com a luz de sua casa, se ficará bem com as outras cores do ambiente (carpete, móveis, estofados, piso e etc.) e se não irá se cansar logo, principalmente se for uma estampa ou cor forte.
Selecionei umas fotos para inspiracão:

Papel de Parede na Sala de Jantar;

 
Contemporary Dining Room by Brooklyn Photographers Alexander Johnson Photography
Veja que o papel foi aplicado apenas dentro da moldura de gesso.
 

Papel de parede no lavabo e banheiro;

 
 
 
 
Papel de Parede nos Quartos;
 
 
 
Papel de Parede no Hall de entrada e escadas;
 
no teto com textura e pintado
 
no corredor com textura
 
Dica para disfarçar a televisão
 
Papel de parede nas portas
 
Emoldurar o papel de parede
 
Aplicar o papel dentro do closet ou guarda-roupas
 
aplicar na porta
 
dentro da dispensa
 
na escada
 
na escada
 
Aplicação  de papel de parede em móveis
 
Estes sao os sites que eu mais gosto:
 
 
 
 
 
Beijos,
Vanessa
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua opinião! Seu comentário é muito importante para nós ; ) Martha & Vanessa

Share!